29/04/2007

Foto de Pascal Renoux




APELO

Porque
não vens agora, que te quero
E adias esta urgência?
Prometes-me o futuro e eu desespero
O futuro é o disfarce da impotência....

Hoje, aqui, já, neste momento,
Ou nunca mais.
A sombra do alento é o desalento
O desejo o imite dos mortais.


Miguel Torga

4 comentários:

Moinante disse...

Inflizmente por motivos pessoais não pude estar presente no 2ºencontro . Todavia oportunidades não faltaram , fica para a próxima ...

Um rijo abraço .

Paulo Sempre disse...

Motivos de âmbito profissional não me foi possível estar presente no "2º encontro". A vida, hoje, não é facil nesta corrida contra o tempo. Para minimizar vou tentar ir à «Ovibeja» e darei um "saltinho" a Alvito com a miúda. Ela não conhece o Alentejo profundo...onde sempre se contemplam as estrelas entre a "embriaguez" da planícei e depois do "Põr-do-sol".
Ainda assim, presumo que decorreu tudo bem o que, se assim foi, me deixa manifestamente contente.
Abraço.
Bragança, 30 de Abril de 2007

António Melenas disse...

Olá, olá,
com que então também és Almadense.? Pois é temos de nos conhecer. Eu moro na Av 25 de Abri (tinha que ser!!!) e o meu mail consta no blogue, no meu perfil
Um abraço

Barão da Tróia II disse...

Bom feriado, é o nosso.

Seguidores

Arquivo do blogue