24/07/2009

ALVITO - EXPOSIÇÂO DE PINTURA - O EXPANDIR DA COR DE FLORIVAL CANDEIAS "VALITO"





Exposição de Pintura

O Expandir da Cor , de Florival Candeias

O Centro Cultural de Alvito recebe a partir do dia 31 de Julho e até 30 de Agosto a exposição de pintura -O Expandir da Cor, de Florival Candeias.

A obra de Florival Candeias que reflecte, especialmente, a sua vivência pessoal, tem um grande pendor abstracto: solicita os aspectos estruturais/formais simplificados, com os seus valores cromáticos e força expressiva, sem ter, no entanto, quaisquer tipos de ambição no tocante à reprodução de modelos e de formas naturais. Portanto, a representação do seu mundo não lhe exige nenhum compromisso com a aparência real das coisas, ele é totalmente livre quando expressa a sua individualidade criativa: “como um Picasso”

Florival Candeias, natural de Alvito, mais conhecido por “Valito”, ingressou na CerciBeja aos 10 anos onde muito cedo manifestou o seu interesse pela Pintura. Tem participado em muitos concursos Nacionais e Internacionais que lhe deram visibilidade, dos quais se destacam, como exemplo os prémios: 9º Concurso Competitivo de Arte para Deficientes Mentais (Porto, 1991); 4º Prémio Nacional da Arte para Deficientes Mentais (1994); Concurso Competitivo de Arte “Riscos e Rabiscos” (1996); 7º Concurso Nacional de Arte para Deficientes Mentais (1997) ; 8º Concurso Competitivo de Arte para Deficientes Mentais (Porto, 1998) e no Concurso Europeu para Pessoas com deficiência EUWARD, Munique (Alemanha 2004), onde alcançou o 3º prémio.
Uma exposição a visitar durante todo o mês de Agosto, no Centro Cultural de Alvito
Horário
3ª a 6ª feira- 9.30h-12.30h/ 15.00h-19.00h
Sábados e Domingos- 10.00h-12.30h/ 15.00h-19.00h


2 comentários:

Anónimo disse...

http://alvitonacional.blogs.sapo.pt/

Francisco Carrasco disse...

Florival Candeias , não me conheces mas eu conheço te a ti. Sou filho de uma pessoas que bem conheces, a lena da Cerci.

Espero que nunca deixes de te exprimir como fazes, pois transmites emoções que poucos conseguem.

Um abraço e Muitos Parabéns!

adoro o teu Quandro do telhado..!



Francisco Carrasco


Aproveito para relembrar o trabalho de alguem que acredita em voces, o professor Heitor.

Seguidores

Arquivo do blogue