06/03/2008

Penso em ti

Humberto Machado- Olhares





Penso em ti: sinto em mim a nostalgia


desse abraço que fica tão distante


e, mesmo assim, nos liga dia-a-dia


e nos aproxima a todo o instante.




Penso em ti: sinto em mim essa tremura


que se espalha ao longo dos meus braços


e te envolve comigo na ternura


com que te aperto a mim, em mil abraços.




Penso em ti: e respiro bem melhor


por saber que te tenho ao meu lado


e que o ar que respiro é o calor


da aragem da amizade em duplicado.




Penso em ti: e pensar é já viver


contigo residindo no meu peito


aprendendo, afinal, a conviver


contigo, tal qual és, desse teu jeito.




E sinto que afinal valeu a pena


sentir como tu sentes a vontade


de viver assim, de forma plena,


este sabor intenso da Amizade.




FERNANDO PEIXOTO

1 comentário:

Brancamar disse...

Lumife,
Eu hoje estou perdida nestas tuas casas!Que poema maravilhoso do Fernando Peixoto aqui nos deixaste! O Fernando é um poeta genial! E que lindas flores nos deixas no Beja e aqui!
Bom regresso,vens com as flores e enches de Primavera as nossas almas.
Até breve.
Beijinhos

Seguidores

Arquivo do blogue